Atendimento:
(45) 2031-0222
FAQ
Você está em: Página Inicial > FAQ
FAQ

  • Quais equipamentos são necessários em um sistema solar fotovoltaico?

    Painéis fotovoltaicos: que captam a energia solar e transformam em energia elétrica. Inversores: que transformam a corrente contínua (CC) em corrente alternada (CA) e ajustam a voltagem de acordo com a necessidade. Inversores de sistemas conectados à rede elétrica também possuem a função de sincronizar o sistema com a rede. Baterias: usadas em sistemas isolados para armazenar energia. Controladores de carga: usados em sistemas isolados e que controlam o carregamento das baterias. Outros equipamentos: além dos equipamentos principais, são necessários ainda Cabos, Estruturas de fixação para os painéis, Proteções elétricas, e outros acessórios.

  • Quantos painéis preciso para abastecer minha residência?

    Não há uma resposta padrão, pois depende de uma série de variáveis. O sistema fotovoltaico é modular e deverá ser feito de acordo com a sua necessidade de consumo. A base é o consumo mensal e anual da sua conta de energia e com esses dados será montado um projeto onde o resultado gere a mesma quantidade de energia do histórico da sua conta.

  • Posso produzir energia solar fotovoltaica em minha casa, empresa ou propriedade rural?

    Sim. O sistema funciona de forma integrada com a rede elétrica e o consumidor pode trocar energia com esta rede, pagando apenas a diferença entre seu consumo e a produção própria de energia, ou seja, uma tarifa pelo uso. É possível reduzir até 95% dos custos em cada um deles.

  • Qual é a vida útil do sistema?

    Um sistema fotovoltaico conectado à rede tem uma vida útil de 30 a 40 anos, sendo que a maioria dos painéis fotovoltaicos tem garantia de 25 anos para produção de pelo menos 80% da potência nominal. Já os inversores têm garantia de 5 a 10 anos e um vida útil esperada de 10 a 15 anos, podendo ser trocados. Alguns microinversores têm vida útil maior, chegando a 25 anos.

  • Os sistemas conectados à rede elétrica (grid tie) são permitidos pela concessionária?

    Sim, inclusive há uma Resolução Normativa da ANEEL (482/2012) que trata inteiramente sobre sistemas de microgeração conectados à rede elétrica. As concessionárias não só devem permitir como têm prazos máximos definidos para avaliação e autorização dos sistemas.

  • O sistema fotovoltaico pode ajudar para quedas de energia? (Backup)

    É comum as pessoas pensarem que a energia solar fotovoltaica servirá de backup (reserva) caso quedas de energia aconteçam. Este é um pensamento equivocado. Os inversores grid tie (conexão à rede) funcionam de forma sincronizada com a rede elétrica e dependem dela para funcionar. Esta é inclusive uma medida de segurança para não ferir técnicos de manutenção que desligam a rede para efetuar um reparo.

  • Posso ser independente da concessionária usando energia solar fotovoltaica?

    Sim, porém se você já tem acesso à rede elétrica isso não é recomendado. O sistema fotovoltaico conectado à rede é mais eficiente, econômico, seguro, ecologicamente correto e de menor manutenção, portanto é a melhor opção para as pessoas que já possuem a energia rede pública.

  • É possível ter energia mesmo nos dias frios ou nublados?

    Sim! Mesmo nestes dias há radiação suficiente capaz de gerar energia. Afinal, o aquecimento das placas é feito por meio de radiação solar e não pela temperatura.

  • Existem incentivos e linhas de financiamento para energia solar fotovoltaica?

    Texto texto texto.

Contato

contato@grupomm2.com.br
Rua Luís Centenaro, 665, Sala 02, Marechal Cândido Rondon - PR
Tecnologia e desenvolvimento